Fim do Mundo

 

earth-day-2013

Primeiro veio a temperatura

Não importa o tolo espanto em minha cara

A vida continua e nada para

Cada um é sua própria criatura

Aos poucos se acabou toda a ternura

Entre as trevas a serpente e uma Quimera

Todos dizem que será uma nova era

Só não sabem se será a derradeira

Tudo treme, gira, vibra a terra inteira

E meu sonho fica cada vez mais fundo

Nada resta hoje já é quarta feira

Só tem eu e você no fim do mundo.

.

Suando nesse quarto solitário

Vejo a luz que se vai lá fora

Se eu fosse um viajante planetário

Voltaria aos tempos de outrora

Só sei que não quero ir embora

Mal cheguei, pra mim está muito cedo

Não foi por confiança nem por medo

Mas saí fora e pus os pés na beira

Tudo treme, gira, vibra a terra inteira

E meu sonho fica cada vez mais fundo

Nada resta hoje já é quarta feira

Só tem eu e você no fim do mundo.

.

Choveu como se fosse um dilúvio

Inundando as cidades e as montanhas

Eram chamas que nem as do Vesúvio

Consumindo toda terra e suas entranhas

Entre baratas, carrapatos e aranhas

Todos correm para um lugar seguro

Eu rezo, rio, choro e esconjuro

Pois nunca vi assim tanta doideira

Tudo treme, gira, vibra a terra inteira

E meu sonho fica cada vez mais fundo

Nada resta hoje já é quarta feira

Só tem eu e você no fim do mundo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s